Elas pelo mundo Sem Fronteiras Turismo Viagens

O máximo de Nova York em 4 dias!

New York
Vista da ilha de Manhattan – Arquivo Pessoal

Wow! Você está em New York City! “A Selva de Concreto onde os sonhos são feitos, não há nada que você não possa fazer”. Welcome to the bright lights, baby!

 

A cidade que nunca dorme e seu metrô 24h por dia, sete dias por semana! A cada esquina, você esbarra com um cenário de filme que te faz pensar estar dentro de Hollywood com o Central Park, a Times Square… O Brooklyn! Os milhares de restaurantes mais incríveis do mundo, o Food Truck mais famoso e a pizza mais fabulosa que se pode esperar! Os musicais da Broadway, as ruas do Bronx, a Estátua da Liberdade! A arte que inspira a todos o tempo inteiro, o cheiro da cidade mais famosa do mundo! Sim, chega mais, olhe para fora da janela do avião, pois você acaba de chegar em Nova York!

Como nossa viagem para Nova York foi algo de última hora e com um curto período de tempo, tivemos que decidir um roteiro que nos desse a oportunidade de desfrutar do que há de melhor na cidade. Sendo assim, acabamos por ficar mais em Manhattan, embora tenha morrido de vontade de estender para poder conhecer mais do Chelsea, Queens, Brooklyn e do Bronx. Isso foi ótimo, pois temos uma boa “desculpa” para voltar o mais rápido possível – e, acredite, nem em uma vida inteira seria possível conhecer tudo de maravilhoso que existe naquela cidade!

Criamos um roteiro de cinco dias, de segunda a sexta, que foi o período que pudemos desfrutar da cidade. A princípio, achei que não fosse dar para fazer tudo, uma vez que a cidade é grande demaaaais e tudo parece GIGANTE! Sério, me senti uma formiguinha no meio de tanto arranha-céu um do lado do outro: “New York City please go easy on me tonight!”. Mas com o tempo alinhadinho com a nossa localização – ficamos hospedados na Times Square, bem no coração da ilha – deu pra fazer tudo: passear, conhecer bastante, divertir muito, descansar e comer horrores! Ah, e detalhe: em Nova York, você pode ir com a certeza de que vai aproveitar nas quatro estações do ano. Chega mais!

Central Park 11
Central Park Bethesda Terrace – Arquivo pessoal

Dia 1 

E chegamos com… Fome! Quem não chega depois de horas de viagem? Sendo assim, depois de fazer check-in no hotel, fomos em busca da melhor pizza da cidade! Não me lembro exatamente quais experimentamos, mas foram várias ao longo dos cinco dias! A Ray’s Pizza foi uma das mais famosas e existem diversas pela cidade. Os preços variaram de $2.20 o pedaço a $19.50 a grande.

Times Square
Times Square – Arquivo pessoal

Barriga cheia, pé na areia! Depois de comer, fomos dar uma volta até o famoso edifício Rockefeller Center, atualmente uma das principais atrações turísticas da cidade, especialmente no inverno, quando a praça principal do complexo é decorada com uma grande e tradicional  árvore de Natal e uma enorme pista de patinação.

Empire State Building
Vista para o Empire State Building, do Top of The Rock – Arquivo pessoal

Como já estava de tardinha, resolvemos subir o Top of the Rock para apreciar a vista da ilha. Nós, particularmente, preferimos o Top que o tradicional Empire State Buildyng, uma vez que neste último não conseguimos ver tão de perto o Central Park, além de ter, é claro, uma excelente vista do próprio Empire. Compramos os ingressos pela internet mais cedo ($34 adulto) e decidimos ir ao entardecer para poder aproveitar a vista da cidade de dia e também à noite – fantástica!

Manhattan view
Vista para o Central Park, do Top of The Rock – Arquivo pessoal

Saindo do Top of the Rock por volta de 19h30, resolvemos dar um passeio pela Times Square já que estava de noite e o local fica ainda mais incrível com suas luzes e pessoas que simplesmente não param! Sim, não param!

Fomos fazer compras no outro dia à 1h da madrugada e as lojas estavam todas abertas e cheias de gente!

Manhattan night view 2
Nova York à noite vista do Top of The Rock – Arquivo pessoal

Procuramos por restaurantes italianos (nossos preferidos) e encontramos ali mesmo, na Times Square, o Pasta Lovers.

Dia 2 

No segundo dia, levantamos cedo e fomos para o Museum of Natural History, um dos que eu mais queria conhecer, por questão de interesse pessoal mesmo. O museu é incrível, contém o que há de mais interessante na história natural das Américas, como fósseis de dinossauros – quase morri de alegria quando vi o T-Rex!, os mamutes e etc. O museu sugere a você um preço, mas você oferece quanto puder dar! Não é demais? Além do quê, fica dentro do Central Park, nosso próximo e tão esperado destino!

T Rex
T-Rex no Museum of Natural History – Arquivo pessoal

Tivemos a felicidade de ter como guia turística nesse dia uma grande amiga que atualmente reside em NY, o que foi maravilhoso e tornou ainda mais incrível a nossa New York Experience! (Beijos, Lyra!)

Foi simplesmente fantástico tudo! Detalhe para a parada obrigatória no Strawberry Fields, na West 72nd Street, monumento a John Lennon, bem na direção do Edificio Dakota – foi emocionante! Passamos alguns minutos ali apenas curtindo a vibe do lugar, onde pessoas sentavam-se com violões e flores nas mãos, cantando as mais lindas canções de Lennon.

Também nos encantamos com os cenários de filmes, as pontes e os grupos de jazz que ali tocavam de forma majestosa – vale a pena dedicar alguns minutos do passeio a eles!

Strawberry Fields NY
Strawberry Fields memorial – Arquivo pessoal

Fomos comer mais (mais!) uma pizza no bairro de Little Italy e depois passear por Wall Street, onde eu queria muito conhecer o monumento da Fearless Girl!

fearless grl
The Fearless Girl, um dos meus monumentos preferidos – Arquivo pessoal

Logo ali perto fica o porto, onde pegamos a balsa – for free! Essa dica maravilhosa foi da minha amiga, que quase nos matou quando ficou sabendo que íamos pagar para fazer o mesmo trajeto em outro barco – para Staten Island, onde o objetivo principal foi observar a Estátua da Liberdade passando em frente a ela, com o cenário mais perfeito de todos e a melhor vista da Ilha de Manhattan – perfeito! Só este passeio valeu a viagem inteira!

Estatue of Liberty
Estátua da Liberdade vista do passeio de balsa no entardecer – Arquivo pessoal

De volta ao porto de Manhattan, fomos dali a pé para a famosa Brooklyn Bridge, que, novamente, conseguimos pegar a vista de dia e de noite!

Central Station
Central Station – Arquivo pessoal

Na volta para o hotel, pegamos o metrô e paramos na Central Station, a mais famosa e tradicional de Nova York, cenário de filmes e a coisa mais linda!

À noitinha, paramos em um pub Irlandês e depois fomos jantar em mais um restaurante italiano. Adivinhem o quê? Pizza!!!

Dia 3 

No terceiro dia, resolvemos dar uma volta pela 5th Avenue, e ir em alguns monumentos e pontos de interesse pessoal. Paramos para tomar café da manhã no Apple Bees.

Seguimos para o Memorial World Trade Center, um marco obrigatório à sua visita a Nova York. Bem do lado, fica a Westfield Station and Shopping, bem bacana a arquitetura bonita e moderna do lugar!

11 september
Memorial World Trade Center – Arquivo pessoal
World t center
One World Trade Center – Arquivo pessoal
WTC
Westfield Station and Shopping – Arquivo pessoal

Pegamos o metrô e fomos para o Bryant Park passar a tarde. É um parque super agradável bem no meio da selva de pedra, onde as pessoas relaxam lendo um livro, ouvindo música ou tomando sol. O local é super cool e fotografar pessoas é super permitido – segundo a legislação local, as pessoas em local público fazem parte da paisagem. (Eu adorei a deixa e saí fotografando geral diversos perfis inusitados. Amei!).

Como tudo em Nova York faz parte dos filmes e séries, sabe aquela famooosa fonte da abertura de Friends? Fica lá! Me senti no verdadeiro “I’ll be there for yooooouu!”.

Bryant Park
Bryant Park – Arquivo pessoal

Ao lado do Bryant Park, fica a Biblioteca Pública, que também foi cenário de vários filmes, devido a sua beleza suntuosa. Dentro dela, além de exemplares de quase toda literatura, relíquias servem como constante exposição.

A noite do nosso terceiro dia foi reservada para que pudéssemos assistir a um musical da Broadway – clássico, ne? Optamos pelo Rei Leão, como um desejo antigo! Emocionante!

Lion King
Tickets para o musical O Rei Leão – Arquivo pessoal

Para terminar a noite, e não menos importante, jantamos em um restaurante italiano da Times Square, Tony’s di Napoli. 

Dia 4 

Nosso último dia de passeios foi dedicado à mais uma voltinha ao Central Park pela manhã – ele é simplesmente GIGANTE, como tudo naquela cidade – pois um dia só não foi suficiente para os amantes da natureza e belas paisagens.

Logo em seguida, realizei o sonho de conhecer o Museu de Arte Moderna de Nova York, o MOMA. Com exposições incríveis, foi tudo maravilhoso!

MOMA
MOMA – Arquivo pessoal

À tarde, resolvemos visitar o 230 Fifth Rooftop, uma cobertura jardinada com um bar muito massa no meio dos edifícios e uma vista incrível! Logo em seguida, fomos para a High Line, uma antiga linha de trem que foi reestruturada em forma de jardim. Mas, atenção, fomos sem nos informar direito e chegamos quando a linha estava quase fechando – às 18h, não pudemos aproveitar quanto gostaríamos, mas valeu o passeio!

Central Park
Central Park – Arquivo pessoal

E então? Gostaram das nossas dicas? Vale lembrar que fizemos esse roteiro baseado nos interesses pessoais, mas Nova York é uma cidade para todos os gostos e estilos, cheia de museus e locais turísticos e, principalmente, lugares mais alternativos e habitados pelos locais para serem descobertos e apreciados por nós, meros nômades desse mundo afora!

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Elas Sem Fronteiras ♥️.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: